Turco


banner-turco

turquia_istambul_2010

A língua turca (türkçe em turco) é a língua natal de aproximadamente 70 milhões de pessoas na Turquia, bem como de parte das populações de Chipre, da Bulgária e, em menor grau, de GréciaRoméniaMacedónia. O turco também é falado por milhões de imigrantes na União Europeia e nas Américas.

Ligação para um texto sobre informações úteis do ensino da língua e da cultura turcas.

Mais informações sobre o 1º Semestre 20/21 aqui.

Horários 1º Semestre 2020/21

P = Presencial | EaD = Ensino a Distância | SP = Semi-Presencial

EaD* A1.1 – sáb. das 9h30 às 12h30 ou 2ª das 20h às 22h * | Profª. Imren Gökce

EaD A1.2 – 3ª e 5ª das 19h30 às 21h | Profª. Imren Gökce

EaD A2.1 – sáb. das 13h às 16h | Profª. Imren Gökce

EaD C1.2 – 6ª das 19h às 22h | Profª. Imren Gökce

* Abrirá apenas o horário com mais inscritos.

*Disponibilidade para Semi-Presencial caso alunos prefiram.

 

IMPORTANTE: Caso as faculdades voltem a encerrar todas as turmas passarão para EaD durante esse período.

 

Nota – Desde que exista um nº mínimo de 5 alunos, o ILNOVA pode abrir uma turma em qualquer nível ou curso técnico.

1º Semestre 2020/21

DatasHorário
29/0911h e 17h

Para marcação de teste de nível entre em contacto com o secretariado via email.

NOTA: O teste de nível tem um custo de 15€ e deverá ser marcado com antecedência através de email ou contacto telefónico. Este teste não confere a atribuição de um certificado de competência linguística, pois trata-se somente de um teste de aferição. O teste demora cerca de 1 hora, incluindo parte escrita e oral.

A tônica geralmente recai no início da palavra. Tal como o finlandêse o húngaro, o turco possui harmonia vocálica: as vogais reconhecidas pelo idioma são divididas em grupos, e somente vogais de um mesmo grupo podem ser utilizadas numa palavra.Gramática

Mosque in Ortak

O turco apresenta um grande número de sufixos, mas não usaprefixos. Uma mesma palavra pode ter vários sufixos, que podem ser utilizados para criar uma nova palavra ou para indicar a função gramatical da palavra.

Os substantivos em turco podem receber um sufixo para indicar o possessivo. Eles também podem ser declinados (casos com terminações diferentes) e podem receber sufixos que indicam a pessoa e os transformam em uma frase completa:

gramturca1

Os adjetivos turcos não são declinados (a não ser quando usados como substantivo).

Os verbos turcos são conjugados segundo a pessoa. Podem apresentar-se negativos ou não-potenciais, e também podem ser potenciais. Podem adotar diversas distinções de tempo, disposição e aspecto (progressivo, futuro, inferencial, presente, passado, condicional, imperativo, optativo, necessidade, aoristo):

gramturca2

Os verbos são todos conjugados da mesma forma.

A sintaxe turca é geralmente Sujeito Objeto Verbo, como em japonês e em latim, diferentemente do português.

Dr. Ömer Faruk Yildiz

Ömer nasceu na Turquia, mudou-se para a Alemanha, mas finalmente encontrou a cidade ideal onde continuar a sua carreira académica: Lisboa. Possui experiência no ensino de alemão, turco e português em diferentes escolas de línguas e associações. Estudou Línguas, literaturas e culturas e é, atualmente, professor do ILNOVA e aluno de mestrado na FSCH-UNL.

 


Drª. Imren Gökce

Imren Gökce nasceu e cresceu em Izmir, Turquia até que decidiu continuar a sua carreira em Portugal. Após completar o seu bacharelato e mestrado em Estudos de Tradução e Interpretação Inglês-Turco na Turquia, terminou também um programa de ensino de turco como língua estrangeira na Universidade e Centro de Pesquisa e Ensino de Línguas Dokuz Eylul em Izmir. Antes de se mudar para Portugal trabalhou como assistente de investigação, tradutora e professora de línguas em diversas instituições.

Atualmente, para além de trabalhar como tradutora e intérprete freelancer, é professora de turco no ILNOVA e encontra-se a frequentar o programa de doutoramento em Estudos de Tradução e Terminologia na FCSH-UNL.


QUADROS COMPARATIVOS DOS DIFERENTES EXAMES E NÍVEIS DO CEFR

  • O Quadro Europeu Comum de Referência para Línguas (CEFR) comum de onde todos os sistemas de níveis de língua partem está aqui: http://www.coe.int/t/dg4/linguistic/Cadre1_en.asp.
  • Cada língua tem um sistema de níveis adequado à sua aprendizagem por um falante nativo de Português. No caso do Turco, o quadro de níveis é o seguinte (aplicável a partir de 2016-17):
  • Turco A1.1
  • Turco A1.2
  • Turco A2.1
  • Turco A2.2
  • Turco B1.1
  • Turco B1.2
  • Turco B2.1
  • Turco B2.2
  • Turco C1.1
  • Turco C1.2
  • Turco C2.1